Guia IndikaBem
Publicado por

Uma lição de vida

chao-e-plantaCícero é um desses caras que não tem medo de nada e que dá o sangue para conquistar com muito trabalho e honestidade, aquilo que sempre quis.

Eu o conheci no dia 25 de julho de 1969. Eu estava em Santos de férias da faculdade e sem nada para fazer e um amigo me convidou para passear uns dias em Poços de Caldas, para encontrar pessoas novas e de diferentes locais e classes. Foi, para minha surpresa,  um encontro de jovens universitários com Cristo e que mudou minha vida.

Mas voltando ao Cícero, me disseram para eu encontrar um jovem na Av. Sena Madureira, e de lá pegaríamos um taxi para irmos a um encontro com outros 50 jovens onde pegaríamos um ônibus e então iríamos a Poços de Caldas. Uma história meio estranha.

Quando eu o encontrei, sozinho em uma esquina achei aquilo uma loucura: “O Cícero é deficiente visual!” – Na hora fiquei impressionado e pensei: “Como esse cara vai me conduzir ao local do encontro?”

E lá fomos nós, Cícero, ensinou o caminho ao motorista do taxi, em todo o trajeto, aliás ele faz isto até hoje. Conhece São Paulo, melhor que qualquer GPS.

Quando o conheci, ele dava aulas de matemática e violão, isso mesmo, VIOLÃO, para ajudar em casa e não depender dos pais. Cícero era importante no movimento de Encontros, pois seu testemunho era avassalador para os dependentes, prepotentes e egoístas. Cícero nunca media esforços para ajudar quem quer que fosse, sempre pronto a dar uma mão, dizer uma palavra de conforto ou tirar do bolso para dar de comer ao faminto.

Estudamos juntos na Universidade Mackenzie, onde ele se formou em Engenharia Operacional e de lá para cá trabalha na área de Tecnologia da Informação.

A vida foi passando e nos tornamos grandes amigos, onde hoje sou padrinho de batismo da filha dele, da família dele e de sua esposa Claudia, além dos filhos e netos que ele tem e adora.

Poderia falar da esposa dele, mas essa será uma crônica a parte. Cícero hoje é funcionário público numa estatal, onde trabalha como Gerente de Contas e Projetos.

Cícero já foi funcionário, empresário, consultor, professor, e etcccccc…Além da deficiência visual, ele teve alguns percalços que o fizeram ter que colocar um marca passo com desfribilador por causa de uma arritmia. Teve uma isquemia, que o obrigou a uma cirurgia, mas nunca eu ouvi ele reclamar e dizer que estava difícil, nunca. Sua capacidade de superação, é um exemplo para colegas, amigos e familiares. Cícero nunca reclamou de nada nem de ninguém. Marido exemplar e pai amigo, conseguiu aglutinar todos a sua volta inclusive a mim. Muitas vezes em meus momentos de fraqueza, me inspirava nele para superar a dificuldade.

Faça o seguinte, tente fechar os olhos por 5 minutos que seja e tente ser você como sempre foi. Você vai ver que é muito difícil nos adaptarmos, superarmos os obstáculos físicos e psíquicos. Eu precisava prestar esta homenagem, para mostrar a quem está com qualquer tipo de dificuldade, que como dizia Fernando Pessoa: “Tudo na vida vale a pena, quando a alma não é pequena”. E também no livro de Exupéry entendemos que: “É apenas com o coração que se pode ver direito; o essencial é invisível aos olhos”

Meu amigo Cícero conseguiu. Obrigado irmão…

Vejam no filme Perfume de Mulher a superação:

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
0 0 79 13 julho, 2012 Crônicas julho 13, 2012

Sobre o Autor

Onivaldo Roncatti, empresário, Administrador de Empresas, especialista em Tecnologia da Informação desde 1970, fundador da Business Station e feliz com as conquistas efetudas até hoje. Feliz em ser livre para agir e pensar, feliz por escrever sobre o cotidiano no Indika Bem e feliz pela família e amigos que tem.

Ver mais matérias escritas por Super Grandfa

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha seu idioma

Busca

Posts Relacionados

SIGA

CURTA

Pinterest
Email
Print
WP Socializer Aakash Web